Com os aumentos nos preços dos carros, PcD pode ter que pagar IPVA em 2022


Constantes reajustes fizeram os carros de valor venal abaixo de R$ 70 mil saltarem para mais R$ 80.000.

O mercado de veículos tem passado por muitas dificuldades nesse momento de pandemia e isso não é novidade para ninguém. Fábricas paradas por escassez de componentes, elevação cada vez mais os preços dos veículos devido as circunstâncias e prazos de entrega imensos são alguns dos efeitos.

No entanto os carros seminovos e usados também estão passando por aumentos, pois como a demanda pelo zero-quilômetro não está conseguindo ser suprida de forma devida, a procura recai sob esse tipo de modelos. Somado a isso tem a elevação dos veículos na Tabela FIPE, fazendo com que muitos tenham preços ainda maiores que quando novos.

Ai você se pergunta: o que isso tem a ver com o público PcD? Absolutamente tudo, pois se você tem um veículo com ou sem isenção de IPI e ICMS que conta com isenção de IPVA onde o valor máximo para a concessão do benefício é de R$ 70 mil pode ter que pagar o imposto no ano de 2022.

Veja Também

⇒ Carros PcD: R$ 140 mil é novo teto de IPI aprovado pela Câmara dos Deputados

⇒ Deficientes auditivos passarão a ter isenção do IPI em veículos

⇒ Senado aprova isenção de IPI na compra de carros por PcD até 2026

Isso se dá justamente pelo que foi dito anteriormente, ou seja, o aumento no valor da FIPE dos exemplares. A tabela é utilizada como referência para o estabelecimento do valor venal pelos estados na hora de ter um parâmetro na cobrança do IPVA, podendo esse valor ser menor, igual ou superior ao dela. Sua divulgação ocorre sempre no segundo semestre do ano.

Claro exemplo disso é o Volkswagen T-Cross Sense 2021, cujo valor era R$ 69.990 e com isenções era reduzido para R$ 57.630, fazendo então jus ao direito da isenção do IPVA, mas ocorre que a Tabela FIPE em junho está em R$ 82.451. Logo, se quando o seu estado for executar a tabela de valor venal o modelo estiver acima dos R$ 70 mil na tabela o seu IPVA pode ser sim cobrado em 2022.

Tabela FIPE do VW T-Cross Sense (PcD). Ref.: junho de 2021

O mesmo ocorre com a grande maioria dos SUVs compactos em versão exclusiva, além de Fiat Cronos Precision 1.8 AT 2019, entre outros.

Algo pode ser feito? Bom, essa é uma situação um tanto quanto inédita e no momento nos resta esperar a redução desses valores ou numa hipótese mais remota o próprio aumento do teto do ICMS ainda em 2021. 

Siga o MDA nas redes sociais: