Chevrolet Tracker PCD 2022: preços, equipamentos e mais


Confira todos os detalhes do Chevrolet Tracker 2022: preço PcD, fotos, versões, equipamentos, especificações técnicas e preço de revisão.

A Chevrolet do Brasil já definiu as versões do SUV compacto Tracker 2022 que atenderão as PcD com isenção, após a publicação da Lei nº 14.183 que permite a venda com o benefício em carro cujo o valor máximo seja de até R$ 140 mil.

Todas as versões com transmissão automática, ou seja, desde a LT 1.0 Turbo até a Premier 1.2 Turbo estão elegíveis e disponíveis para escolha do público PcD, contando com a isenção de IPI e um desconto adicional da montadora.

Veja Também

⇒ Confira os preços da Peugeot para PcD com isenção de IPI

⇒ Citroën volta a disponibilizar C4 Cactus com isenção de IPI e bônus de fábrica

⇒ Jeep retoma política de isenção de IPI para PcD com bônus no Renegade

Chevrolet Tracker PCD 2022: versões

Confira as versões disponíveis para PCD:

  • LT 1.0 Turbo AT6;
  • LTZ 1.0 Turbo AT;
  • Premier 1.0 Turbo AT;
  • Premier 1.2 Turbo AT.

Chevrolet Tracker PCD 2022: especificações

O SUV vem com duas opções de motorização turbo, sendo a primeira a 1.0 turboflex de três cilindros e injeção de combustível indireta que equipa a linha Onix. Entrega 116 cv de potência a 5.500 rpm tanto com etanol quanto com gasolina, possuindo torque de 16.8 kgfm com etanol e de 16,3 kgfm com gasolina a 2.000 rpm. Para esse motor estão disponíveis transmissões manual e automática, ambas com seis marchas.

A novidade fica por conta do motor 1.2 também turboflex da família de motores Ecotec. São 133 cavalos de potência a 5.500 rpm e 21,4 kgfm a 2.000 rpm de torque quando abastecido com etanol, mas com gasolina a potência fica em 132 cavalos e o torque em 19,4 kgfm nas mesmas faixas de rotação. Não há opção de câmbio manual com esse motor, ficando apenas a mesma caixa automática de seis marchas.

Chevrolet Tracker PCD 2022: consumo

Confira os dados de consumo do Chevrolet Tracker conforme dados do Inmetro:

Etanol:

  • 8,2 km/l em cidade e 9,6 km/l em estrada (1.0);
  • 7,7 km/l em cidade e 9,4 km/l em estrada (1.2).

Gasolina:

  • 11,9 km/l em cidade e 13,7 km/l em estrada (1.0);
  • 11,2 km/l em cidade e 13,5 km/l em estrada (1.2).

Chevrolet Tracker PCD 2022: dimensões

Em termos de dimensões, o Chevrolet Tracker 2022 conta com 4.270 mm de comprimento total, 1.790 mm de largura, altura de 1.600 mm, distância entre-eixos de 2.570 mm e o porta-malas possui capacidade de 393 litros. Seu tanque de combustível possui capacidade para 44 litros.

Chevrolet Tracker PCD 2022: equipamentos

A versão LT Turbo do Chevrolet Tracker, traz de série, itens como: ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, bancos revestidos em tecido, apoio de braço no console central, chave presencial com partida por botão, computador de bordo em TFT de 3,5 polegadas, central multimídia MyLink touchscreen de 8 polegadas com Android Auto/Apple CarPlay sem fio, OnStar + Wi-Fi integrado, câmera de ré, maçanetas e retrovisores na cor do carro, volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade, rack de teto, piloto automático com limitador de velocidade, DRL em LED, rodas de liga-leve de 16 polegadas, seis airbags (frontais, laterais e de cortina), freios ABS, ISOFIX, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, entre outros itens.

Já a versão LTZ Turbo, traz os mesmo itens da versão LT + rack de teto na cor prata, rodas de 17 polegadas, bancos revestidos parcialmente em couro, sensor crepuscular, detector de ponto cego, entre outros itens.

A versão Premier 1.0 Turbo, traz os mesmo itens da versão LTZ + ar-condicionado digital automático, faróis e lanternas em LED, frenagem automática de emergência, alerta de colisão frontal, sensor de pressão dos pneus, Easy Park, sensor de chuva, sensor crepuscular, carregador de celular por indução, entre outros itens.

Já a versão Premier 1.2 Turbo, traz os mesmo itens da versão Premier 1.0 Turbo + versão Premier 1.0 + teto solar panorâmico elétrico.

Chevrolet Tracker PCD 2022: preços

Tracker LT Turbo AT

Preço público geral: R$ 111.240 (R8D);
Preço PcD: R$ 99.296.

Tracker LTZ Turbo AT

Preço público geral: R$ 120.500 (R8F);
Preço PcD: R$ 107.344.

Tracker Premier 1.0 Turbo AT

Preço público geral: R$ 129.500 (R8H);
Preço PcD: R$ 115.167.

Tracker Premier 1.2 Turbo AT

Preço público geral: R$ 138.500 (R8G);
Preço PcD: R$ 127.359.

Chevrolet Tracker PCD 2022: preços de revisão

*Os preços são os mesmos para ambos motorização (1.0 e 1.2 Turbo).

KMPreços
10.000 kmR$ 432‬,00
20.000 kmR$ 752,00
30.000 kmR$ 640‬,00
40.000 kmR$ 820‬,00
50.000 kmR$ 616‬,00
60.000 kmR$ 752,00

Ficha técnica

Motores: 1.0; 1.2
Cilindradas: 999 cm³; N/D
Potências Max.: 116 cv a 5.500 rpm (E/G);  133 cv (E) e 132 cv a 5.500 rpm (G)
Torques Max.: 16,8 kgfm (E) e 16,3 kgfm a 2.000 rpm (G); 21,4 kgfm a 2.000 rpm (E) e 19,4 kgfm a 2.000 rpm (G)
Transmissões:  Manual ou Automática com conversor de torque (ambas seis marchas)
Direção: Elétrica
Suspensão: McPherson com barra estabilizadora na dianteira e barra de torção sem barra estabilizadora na traseira
Freios: Discos ventilados na dianteira e tambor na traseira, ABS
Pneus/Rodas: 215/60 R16 e 215/55 R17
Dimensões: Comprimento 4.270 mm; Largura 1.790 mm; Altura 1.600 mm; Entre-eixos 2.570 mm]
Capacidade do tanque: 44 L.
Porta-malas: 393 L.
Peso ordem de marcha: 1.196 kg a 1.271 kg

Chevrolet Tracker PCD 2022: fotos

Siga-nos nas redes sociais:

27 comentários em “Chevrolet Tracker PCD 2022: preços, equipamentos e mais”

  1. Diretores da Chevrolet do Brasil, enfim essa tracker em vossos ânus.
    Porcaria de carro que fabricam, ninguém deve ser iludido por essa porcaria de marca que esta no mesmo rumo da Ford.
    Comentários imparciais são comentários dos clientes e não da mídia patrocinada.

  2. Eu tenho uma dúvida, se alguém puder me responder, serei grato. Eu moro em Brasília e preciso ter a isenção do ICMS daqui, até aí beleza, mas tbm preciso ter a isenção do ICMS de São Paulo.
    Alguém sabe o pq disso ?

  3. Esta questão de termos que ficar 4 anos com um carro para poder trocar é um crime contra nós. Depois de 2 anos, geralmente, o carro começa a ter pequenos (ou grandes) problemas, mesmo com manutenção, tipo os pneus estão mais gastos e tendem a furar mais vezes(o dinheiro é escasso para trocas periódicas de qualquer item) bateria, amortecedores etc…além é claro de nós termos que trocar pneu ou ficar horas não sei ode com uma pane.
    Deveríamos ter de volta os 2 anos de ICMS para podermos nos organizar e trocar.

  4. Palhaçada é o que as concessionárias estão fazendo. Desde maio estão captando clientes para tracker PCD , mas já comunicaram que não irão mais vender para esse público. Ou seja, quem deu entrada na documentação está aguardando igual a um trouxa. É só ligar no 0800 e no chat da chevrolet que os funcionários confirmam essa informação, ao qual vou transcrever aqui:

    Devido ao grande sucesso de vendas, o Tracker no pacote que contempla isenção de impostos está esgotado. Temos outros modelos disponíveis que podem ser adquiridos com esta mesma isenção de impostos. Posso passar mais detalhes dos modelos para você?

    E depois ainda me confirmou que quem fez o pedido na concessionária não tem garantia nenhuma que irá receber o veiculo, somente quem fez o pedido antes de 11/05 , ou seja, o PCD que fez depois se lascou, perdeu tempo e dinheiro, e ainda, ninguém está informando nada sobre essa espera sem fim.

    Falta de respeito da Chevrolet

  5. Palhaçada é a Chevrolet fazer o PCD esperar mais de 120 dias, sem saber se vai ser faturado ou não. Você fica preso à Chevrolet, sem poder comprar outro veiculo . A mais pura verdade é que a GM desrespeita o PCD, e trata nós como meros encostos. Existe racismo para negros, gordofobia para obesos, xenofobia para gays, e para deficientes, qual é a o nome do preconceito? É isso que a GM faz, enquanto muitas empresas oferecem emprego para PCD em troca de incentivos fiscais e obrigatoriedade, a GM repudia nós infelizes que não pedimos para ter defeito fisico.

    • Na verdade, com a lei estadual criada em Janeiro 2020 para santa catarina, nenhum carro SUV PCD se enquadra mais nos 69.900, apenas o Cactus (no qual adquirir e não me arrependo). Pra quem não sabe, essa lei diz o seguinte: Se o carro custa 69.900 para PCD, esse valor deverá custar para todas as pessoas (inclusive quem não são PCD). Ou seja, as concessionarias que coloca o carro a 75.000, e baixa o valor para 69.900 apanas para PCD, deverá vender esse mesmo carro, nesse valor para todos, pois pela lei, é discriminação. Dai o que aconteceu, todos os SUV de 69900 voltaram para seus preços originais (75.000 pra cima).

  6. Palhaçada!!! 1 ano de garantia para o Público PCD! da para ver que a GM só pensa em números e não num público que é obrigado a ficar 4 anos com um veículo! sem contar que 1000 unidades especiais esgotam rápido e depois versão virá igual o Renegade primeira geração para PCD seco, e em estados como SC onde o ICMS para SUVS NÃO É APROVADO esse carro seco vai custar entorno de R$ 64 ou 65 mil.

    • BOM SINAL NÃO É , PORQUE NÃO TRÉS ANOS COMO E TODOS , TEM COISAS QUE A GENTE PRECISA FICAR DE OLHO SE ARREBENTAR ESSE MOTOR DEPOS DE UM ANO JÁ IMAGINOU

  7. A GM deveria repensar a história do lote bônus de 1000 unidades quase que completas. Consultei a minha concessionária e isto já foi liquidado com a fila de espera que tinha nas concessionárias do modelo antigo. Fiz o cadastro para receber informações em 1a mão no site criado pela própria GM e não enviaram nenhum e-mail com informações. Quando vi esta matéria eu quiz fazer pedido e me informaram que “já foi”. Ou seja, a GM não mentiu, mas também não disse toda a verdade!!! Isto é desrespeito ao consumidor.

    • Total falta de respeito, recomendo a todos que relatem essa propaganda enganosa a Fenabrave, ao Procon, ao IDEC, ao Reclameaqui.

      Não adianta reclamar para as revistas, pois elas não publica, todas elas são patrocinadas pela marca, e essas não vão querer perder seus anunciantes.

  8. Só 1000 unidades com os itens citados na versão PCD? Isso não dá nem pra saída. Em 15 dias vende tudo isso aí. Tem que ver depois como é que vai ficar a questão dos equipamentos nessa versão PCD. E garantia de 1 ano é roubada, ainda mais com essa plataforma que apresentou problemas com o onix.

  9. Carro muito bonito. Com as isenções em mãos estou pensando seriamente em desistir de esperar 180 dias pelo TCross.

    • Oi José, estou na mesma situação que vc…mas já fiz o pedido do T-cross…Pra mudar para o Tracker teria de iniciar todo o processo novamente. Uns 3 meses para o ICMS e mais uns meses para entregar. Será que não vai dar na mesma??

    • Não vale a pena José, 1 ano de garantia para PCD e depois das ”1000 unidades” virá a versão mais seca que o T-Cross

    • Esquece, total falta de respeito da Chevrolet, prometeu e quem deu entrada em maio, junho e julho nas concessionárias não irão receber, a GM já retirou da gama para pcd, porém continua anunciando no site. Isso é um crime.
      A Vw pelo menos respeita isso, não tem mas não vende o que não sabe se terá pernas para entregar

Os comentários estão encerrado.

Banner MDA