Novo Renault Captur 2022: preços, equipamentos e mais


Confira todos os detalhes do novo Renault Captur 2022: preço PcD, fotos, versões, equipamentos, especificações técnicas e preço de revisão.

A Renault do Brasil apresenta em detalhes o novo Renault Captur 2022 para PcD. São três as versões de acabamento disponíveis no portfólio, sendo a topo de linha já avaliada por nossa equipe. No entanto, somente as de entrada e intermediárias estão disponíveis para compra do público PcD com isenção de IPI e bônus de fábrica.

O novo SUV compacto Renault Captur 2022 traz novidades, incluindo sua primeira repaginada estética após seu lançamento no Brasil e um inédito motor 1.3 turbo já presente em modelos da Mercedes-Benz em razão da parceria para desenvolvê-lo.

Veja Também

Confira os preços da Renault com isenção de IPI em agosto

⇒ Toyota retoma vendas para PcD; veja preços

⇒ VW libera lote limitado do T-Cross 200 TSI AT para PcD com isenção de IPI e bônus

Novo Renault Captur PcD 2022: versões

  • Zen;
  • Intense;
  • Iconic.

Novo Renault Captur PcD 2022: especificações

Este propulsor de 1,3 litro TCe conta com 170 cavalos e 27,5 kgfm de torque. Para efeito de comparação, este torque é o mesmo do médio Jeep Compass também 1.3 turboalimentado. O câmbio que equipa este modelo é um automático do tipo CVT (Xtronic, de origem Nissan) com oito marchas simuladas.

Novo Renault Captur PcD 2022: consumo

Segundo dados disponibilizados pelo Inmetro em 2021, o Captur 1.3 turboflex conta com as seguintes médias: 7,5 km/l em cidade e 8,3 km/l em estrada com etanol, 11,1 km/l e 12,0 km/l com gasolina em cidade e estrada, respectivamente.

Novo Renault Captur PcD 2022: dimensões

As dimensões do novo Captur são as seguintes: 4.329 mm de comprimento total, 1.813 mm de largura, 1.619 mm de altura e 2.673 mm de entre-eixos. O porta-malas tem 437 litros de capacidade e o tanque de combustível é de 50 litros.

Novo Renault Captur PcD 2022: equipamentos

A versão Zen traz de série traz de série: ar-condicionado, direção elétrico, airbags frontais e laterais, freios ABS, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, DRL em LED, sensor de pressão dos pneus, sistema Start&Stop, volante com regulagem de altura e profundidade, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, central multimídia EasyLink, piloto automático, entre outros itens.

A versão Intense traz os itens da versão Zen, mais: ar-condicionado automático, sensor de chuva, sensor crepuscular, faróis de neblina em LED com função Cornering, duas portas USB traseiras, entre outros itens.

Novo Renault Captur PcD 2022: preços

*Reduções que chegam próximas dos 11,5% em ambas as versões.

Captur Zen 1.3T CVT

Preço público geral: R$ 124.490,00;
Preço PcD: R$ 110.215,00.

Captur Intense 1.3T CVT

Preço público geral: R$ 129.490,00;
Preço PcD: R$ 114.642,00.

Preços de revisão

KMPreços
10.000 kmR$ 498,48
20.000 kmR$ 552,73
30.000 kmR$ 552,73
40.000 kmR$ 1.216,38
50.000 kmR$ 606,98
60.000 kmR$ 606,98

Ficha técnica

Motor: 1.3
Cilindrada: 1.333 cm³
Potências: 170 cv/162 cv @ 5.500 rpm (E/G)
Torques Max.: 27,5/27,5 kgfm @ 1.600 rpm (E/G)
Transmissão: Automática do tipo CVT
Direção: Elétrica
Suspensão: Independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
Freios: Discos ventilados na dianteira e tambor na traseira, ABS
Pneus/Rodas: 215/60 R17
Dimensões: Comprimento 4.329 mm; Largura 1.813 mm; Altura 1.619 mm; Entre-eixos 2.673 mm
Capacidade do tanque: 60 L.
Porta-malas: 320 L.
Peso ordem de marcha: N/A

Novo Renault Captur PcD 2022: fotos

Siga-nos nas redes sociais:

18 comentários em “Novo Renault Captur 2022: preços, equipamentos e mais”

  1. Domingo fiz teste drive em alguns carros na Mobilyti Show, e um dos pontos negativo da linha Renault, é esta bendita direção Elotrohodraulica. Comparando com carros de outras marcas, é bem mais pesado.
    Pô Renault, o que custa trocar esta porcaria por uma elétrica????????????

  2. Temos uma captur PCD, compramos na sinal aricanduva, qdo da compra, não pelo carro, mas sim por serviços vendidos na concessionária, como vitrificação, do carro e vidros, bancos etc, nos foi vendido um pacote de revisões se não me engano, até 40.000km, pelo valor próximo a R$2.000, a primeira revisão, não pagamos nada, na segunda o carro estava com 18.000km, como o carro estava fazendo barulho no freio, e o marcador de combustível não estava marcando, me empurraram garganta abaixo um serviço que eu tinha que fazer, como: trocar as pastilhas com18.000km, alinhamento balanceamento e rodízios de pneus, sendo que sempre fiz esse serviço em outros carros zero que tivemos, eu solicitava o serviço em media quando o carro estava com 30.000km, troca do óleo do freio, lubrificação de portas etc, o custo ficou próximo a R$800,00, questionei e o pacote que eu tenho de revisões, ai o consultor ne falou, vc só esta pagando as peças e não a mão de obra, então não acreditem nesses valores de revisão que é fictício, qdo me venderam o pacote das revisões não deixaram claro que esse serviço não incluía peças, se não jamais teríamos comprado, deixaria para pagar na época das revisões, então prestem atenção ao contratar algum serviço no veículo, e o consumo é em media de 6km por litro de combustível (álcool) na cidade e uns 8km na estrada, na gasolina pouca coisa a mais, agora com relação ao carro acho muito bom, o nosso é um captur 17/18, esta atualmente com 22.000km, essa é meu desabafo, será que vai ser publicada minha opinião

  3. Temos uma captur PCD, compramos na sinal aricanduva, qdo da compra, não pelo carro, mas sim por serviços vendidos na concessionária, como vitrificação, do carro e vidros, bancos etc, nos foi vendido um pacote de revisões se não me engano, até 40.000km, pelo valor próximo a R$2.000, a primeira revisão, não pagamos nada, na segunda o carro estava com 18.000km, como o carro estava fazendo barulho no freio, e o marcador de combustível não estava marcando, me empurraram garganta abaixo um serviço que eu tinha que fazer, como: trocar as pastilhas com18.000km, alinhamento balanceamento e rodízios de pneus, sendo que sempre fiz esse serviço em outros carros zero que tivemos, eu solicitava o serviço em media quando o carro estava com 30.000km, troca do óleo do freio, lubrificação de portas etc, o custo ficou próximo a R$800,00, questionei e o pacote que eu tenho de revisões, ai o consultor ne falou, vc só esta pagando as peças e não a mão de obra, então não acreditem nesses valores de revisão que é fictício, qdo me venderam o pacote das revisões não deixaram claro que esse serviço não incluía peças, se não jamais teríamos comprado, deixaria para pagar na época das revisões, então prestem atenção ao contratar algum serviço no veículo, e o consumo é em media de 6km por litro de combustível (álcool) na cidade e uns 8km na estrada, na gasolina pouca coisa a mais, agora com relação ao carro acho muito bom, o nosso é um captur 17/18, esta atualmente com 22.000km, essa é meu desabafo.

  4. Pode esclarecer o item sobre o Biton: “Por ora, as cores metálicas e/ou Biton, não é necessário é financiar, pois a Renault passou a oferece-las como brinde.”
    Aguardo

  5. A maior propaganda de um automóvel é quando vemos pelas ruas, e é fácil indenticá-los quando são PCD, principalmente se forem Kicks, Kaptur, Kreta e Kactus por serem Karros pelados com rodas feias.

  6. Tenho uma 18/19 e o computador de bordo marca em torno de 6,8 no álcool, fale sobre isso na revisão, talvez tenha algum problema de fabricação.

  7. O consumo informado pela montadora é falso. Meu captur nunca passou dos 4,5km/l com álcool na cidade, mesmo andando moderadamente e sem engarrafamento.

  8. Venda de carro par PCD no Brasil é uma grande piada. Vcs acham que todo deficiente tem dinheiro para comprar carro ou carroça pela média de preço de 50.000,00. Se vcs observarem o mercado de carros no Brasil é um absurdo de caro. O cara da Ford me ofereceu um Ká 1000 por 45.000,00 , fiquei dando risada , uma comédia. Ai vai o Brasileiro muito burro e compra! Parem de comprar pra ver se abaixa.

  9. Deveria ser PROIBIDO no Brasil a vendas dessa carroças (Peladas)… total desrespeito para como o público PCD. Brasil, país das desigualdades sem limites!!!

    • Edvaldo, estamos, e acho que deveremos continuar, em um país onde é proibido proibir e, afinal de contas, compra quer quer. O “x” da questão é que as montadoras estão acostumadas a ter uma margem de lucro seguramente de 2 dígitos e para isso concorrem muito pouco entre si e formam uma “associação” que nada mais é do que um cartel disfarçado. Essa questão da Renault depenar modelos pcd é fato em todas as montadoras sem exceção.

  10. …… Ou seja, entrada do pedido em 15.08, pago em 20.12, mas como o carro fica retido na fábrica até a liberação e como a transportadora pára nesta época, só me resta esperar. E quanto aos equipamentos “originais retirados” já estou cotando tudo por fora, já que com o valor só do tampão traseiro “original”, consigo comprar tudo e ainda sobra para abastecer.
    Q VERGONHA DONA RENAULT!!!!

  11. O meu dei entrada em agosto e saiui em outubro, demorou um pouquinho, mas valeu a pena esperar, pois o carro veio completo e um carro excelente, na minha opinião uma das melhores opções para PCD.

Os comentários estão encerrado.

Banner MDA