Volkswagen Tiguan com motor 1.4 TSI se despede do mercado brasileiro


Abrindo espaço para o Taos, SUV continuará a venda somente com a versão R-Line com motor 2.0 TSI e tração 4MOTION.

Depois de ter passado por uma mudança na gama lá na Argentina, onde a versão de acesso passou a ter sete lugares e a versão Comfortline passou a ter o motor 2.0 (350) TSI, a Volkswagen Tiguan Allspace ganha uma reformulação diferenciada no mercado brasileiro. Aguardando e abrindo espaço para o também SUV médio Taos, ele perdeu as duas versões que tinha por aqui com o motor 1.4 (250 TSI), sendo a mais em conta com cinco lugares e a intermediária com sete.

Restou a versão topo e mais vendida por aqui, R-Line com motor 2.0 turbo de 220 cavalos e 35,7 kgfm aliado ao câmbio automatizado de dupla embreagem DSG de sete marchas e com tração integral 4MOTION. Ainda em 2021 pode receber duas relevantes novidades, sendo uma mudança estética e a adoção de um propulsor híbrido que, caso aconteça, fará dele o segundo modelo da VW no Brasil com motor elétrico conjugado a um motor a combustão (o primeiro foi o finado Golf GTE).

Veja Também

⇒ Volkswagen Up está dando adeus ao mercado, segundo jornalista

⇒ VW Nivus para PcD: veja os preços, verões, equipamentos (e fotos)

⇒ Volkswagen Jetta sobe de preços e alcança R$ 173.820

A Volkswagen Tiguan Allspace R-Line 350 TSI tem preço sugerido de R$ 221.350 sem adicional de cor e sem o seu único opcional ofertado que é o teto solar elétrico. Tal mudança já pode ser vista no configurador da marca.

Siga o MDA nas redes sociais: