in ,

Opinião do dono: Honda Fit Personal 2019

A leitora fez sua escolha visando valorização na revenda e economia de combustível.

Publicidade
Publicidade

A leitora Josiane tem 43 anos e mora na cidade de Bauru (SP). Josiane comprou o Honda Fit PcD (Personal) em 2019 e rodou 10 mil km com o modelo; confira sua opinião.

Quando comprou? Quanto tempo demorou todo o processo de isenção? Foi para condutor ou não condutor?

A compra foi concluída em abril de 2019. As cartas de isenção saíram rápido, em torno de 15 dias. O processo foi feito por uma advogada experiente nesses processos. O processo todo, até a entrega do veículo demorou 2 meses. Foi para a condutora.

Publicidade

Qual modelo comprou?

Honda FIT Personal CVT, 1,5.

Optou por qual versão e por quê?

Havia apenas esta versão automática para o PCD na marca Honda. A escolha do Fit foi pela valorização na revenda e economia de combustível.

Quanto pagou no carro? Teve isenção de IPI e ICMS, ou apenas uma das isenções? A montadora oferecia incentivo? Teve um bom atendimento na concessionária?

O valor do carro foi R$53.544,80. Tive isenção de IPI e ICMS. A montadora não oferecia incentivos. Tive um bom atendimento na concessionária desde a compra até o momento presente.

Publicidade

Interessou-se em outros veículos na época? O que pesou na decisão final?

Quase comprei o Hyundai Creta. O que pesou para não comprar o SUV foi a possível desvalorização na revenda e comentários de um maior consumo de combustível. Hoje acho que me equivoquei quanto a estes quesitos.

Precisou de adaptação? Instalou algum acessório ou opcional? Quanto custou?

Não foram necessárias adaptações no veículo. Um multimídia foi instalado (R$3.980,00), porque a Honda entrega os carros sem som na compra PCD. Também comprei um jogo de rodas de liga leve, pois o carro vem apenas com a roda de ferro mais básica. O valor das rodas fora da concessionária ficou em R$1.500,00. Na concessionária ficava em torno de R$4.000,00.

Publicidade

Quantos quilômetros já rodou? Usou qual combustível? Qual a média de consumo?

O carro tem 10 mil km. Uso álcool e gasolina. A cada 4 ou 5 tanques de álcool coloco um de gasolina aditivada. Média com álcool na cidade é de 7,0km/l e com gasolina é 8,3. Na rodovia com álcool faz 12 km/l e com gasolina aditivada faz 15km/l

Já fez quantas revisões na concessionaria? Teve algum tipo de problema com carro? Como foi o atendimento no pós-venda?

Fiz uma revisão. Tive vários pequenos problemas com o carro. Em função disso, tenho ido à concessionária, buscando soluções. O atendimento da Honda Lago San Bauru é bom.

Publicidade

Fez seguro, quanto ficou?

O seguro automotivo foi em R$2.041,44.

Veja Também

⇒ Opinião do dono: Hyundai Creta Attitude AT 18/19

⇒ Opinião do dono: VW Voyage 1.6 MSI automático 18/19

⇒ Opinião do dono: Toyota Corolla GLi Tecido CVT (versão PcD)

Pontos negativos – críticas? Destaque os principais?

Parece haver um problema sério no projeto acústico do carro:

  • É possível ouvir o som do combustível nas manobras (o tanque fica abaixo do banco do motorista). É possível sentir a vibração do combustível nos pés do motorista e do carona. É bastante desagradável.
  • O acabamento da cabine é ruim (muito plástico de má qualidade). O carro com 5 mil km apresentou ruídos no painel e nas 2 portas dianteiras. Foi levado na concessionária 3 vezes e o barulho do painel continua sem solução e de uma das portas também.
  • Fraca vedação do som externo. Ouve-se o ruído dos pneus com asfalto, mesmo com vidros fechados. Quando as vias não são boas, o ruído interfere sensivelmente no conforto para ouvir música ou conversar.

Pontos Positivos? Destaque os principais?

O design foi melhorado, impressão de alguma imponência, mesmo sendo um compacto. Motor responde rápido. O carro é leve e o câmbio automático é bom.

No geral você está satisfeito com seu carro? Você recomendaria à compra desse modelo?

Não estou satisfeita com o carro, pelos diversos problemas que apareceram em um veículo zero. Pela minha experiência com esta versão, não recomendo o Fit. Estas são minhas considerações: O carro é prático, simples e pouco tecnológico. Atende bem a uma certa faixa de público. Mas para quem se incomoda com o nível de ruídos e precisa pegar estradas que não estão em boas condições, esse carro não é uma opção. O fabricante responde que o barulho do combustível no tanque é normal, logo não se empenhou em nenhuma tentativa de resolução ou amenização.

Publicidade

Considerações finais?

Penso que a montadora Honda precisa rever o projeto acústico do FIT e melhorar a qualidade no acabamento interno, porque, afinal, seus carros não são baratos e ela tem um conceito bom no mercado brasileiro.

[Quer contribuir com sua Opinião de Dono? Nos envie um e-mail solicitando o formulário Opinião do Dono – contato@mundodoautomovelparapcd.com.br]

Siga o MDA nas redes sociais:

Deixe uma resposta

Loading…