in

Lançamentos que poderão atender o público PCD

Já estão confirmados diversos carros que serão lançados entre 2019 e 2020. Bastante novidades entre SUVs, hatches e sedãs. Boa parte dos lançamentos deste e do próximo ano, foram revelados no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro último.

Conheça os futuros principais lançamentos do mercado brasileiro e que possivelmente poderão atender o público PcD.

Volkswagen (SUV do Polo – T-Sport).

Projeção: Kleber Silva

A Volkswagen irá lançar um CUV (intermediário entre sedã e SUV) que também usará a plataforma MQB A0, a mesma de Polo, Virtus e T-Cross. O entre-eixos será o mesmo do Polo, ou seja, 2,56 m. O novo modelo terá a missão de custar menos que o SUV recém-lançado, T-Cross, que parte de R$ 84.990.

A Volkswagen já está na fase final de desenvolvimento de seu crossover derivado do Polo. Aos poucos novos detalhes estão sendo revelados. Na edição de 30 de abril de 2019 da revista do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) foi registrado o nome “T-Sport”, atribuído à Volkswagen – e este pode ser o nome do crossover derivado do Polo que ficará abaixo do T-Cross.

Segundo revista especializada, “o objetivo é ir além de colocar enfeites no Polo para conquistar o público jovem. O modelo deve ser posicionado numa faixa entre R$ 60 mil e R$ 75 mil“.

Volkswagen (SUV de entrada)

Projeto original de 2012 – Foto: Volkswagen/Divulgação

Pablo di Si, presidente da Volkswagen para América Latina, declarou aos jornalistas no Salão de Frankfurt (Alemanha) que além do SUV cupê compacto derivado do Polo – cujo nome deve ser T-Sport; terá mais um SUV com preço mais acessível que o T-Cross e que deverá ser fabricado em Taubaté (SP).

Toyota (Novo veículo)

O governador do estado de São Paulo, confirmou que a Toyota irá produzir um novo carro em uma de suas fábricas paulista. O esperado é que seja um SUV compacto, permitindo que a Toyota finalmente entre neste segmento.

Veja Também

⇒ Lista de carros PCD 2019

⇒  Veja os SUVs para PcD até R$ 70 mil

⇒  Comparativo dos SUVs exclusivos para PcD

Novo Nissan Versa

A terceira geração do Nissan Versa mudou radicalmente de estilo, agora, seu visual é inspirado no novo Altima. O modelo deverá chegar ao Brasil em 2020, importado do México. Por aqui, enfrentará os sedãs compactos Volkswagen Virtus, Toyota Yaris Sedã, Fiat Cronos e Honda City.

Na motorização, o Versa contará com um quatro-cilindros 1.6 aspirado, que na América do Norte rende 122 cv e 15,8 mkgf. No Brasil, será flex e deve ter diferenças nos dados de potência e torque, é poderá utilizar tanto câmbio manual quanto o CVT. A nova geração irá conviver com a atual geração, que seguirá em produção em Resende (RJ).

Renault Duster (reestilizado)

A segunda geração do Renault Duster está se aproximando. A marca começou com os testes do modelo em Córdoba, Argentina.

Fala-se, no momento, do modelo chegar no segundo semestre de 2019. A segunda geração do Renault Duster terá mudanças externas, internas e até mecânicas. A grade, os pára-choques e os faróis, foram redesenhados.

Kia Rio

O Kia Rio já está homologado no país, e segundo o Grupo Gandini, representante da Kia no país, caso o preço do Dólar estabilize, pode viabilizar a chegada do Rio ao Brasil, ainda em 2019.

Por aqui, o modelo utilizará a motorização 1.6 16V que rende 123 cv e 16 kgfm a quando abastecido com gasolina. E com etanol, a potência aumenta para 130 cv e 16,5 kgfm de torque. O motor é associado ao câmbio automático de seis marchas.

Siga o MDA nas redes sociais:

Escrito por Michael W.

Apaixonado por carros desde criança, hoje compartilho com todos o conhecimento que tive ao longo da vida.

Siga o MDA nas redes sociais
Facebook -- Instagram -- Youtube -- Twitter

9 Comments

Leave a Reply
  1. Tenho um 308 THP e como os colegas acima disseram, fiquei muito mal acostumado com um carro que dá prazer total em dirigir. Ultrapassagens seguras, lindas de assistir e prazerosas de fazer, consumo baixo para quem tem 173cv/alcool, chegando a dar até 14,5km/l na gasolina em estrada com pé leve (90 km/h), teto panorâmico, sensor de chuva, sensor crepuscular, controle de estabilidade, desenhado para curvas com uma estabilidade sensacional, boa altura do solo (dificilmente raspa em algo), freios a disco nas 4 rodas, ar condicionado digital bizone, piloto automático, limitador de velocidade, porta malas de 430 litros (hatch com um porta-malas desse, inacreditável), espaço e conforto para os 5 passageiros, etc, etc.. Chegou a hora de trocar e estou em depressão com o que vejo no mercado para o público PCD. Confesso que estou quase desistindo de trocar, pois está com 49 mil rodados e o desempenho melhora a cada 10 mil km. Vamos ver o que faço.

  2. Pra quem for pegar um hatch, ou um sedan de entrada, eu estou bem esperançoso com as novas gerações do HB20 e Onix, parecem evoluir bem em segurança, tecnologia, desempenho e designe. É esperar o lançamento pra confirmar tudo isso.
    O Sandero se vier com câmbio CVT pode ser uma boa tbm.

  3. Eu dono de um carro equipado.com a obra prima da psa, o thp, nunca mais poderei ter um carro.desses, dentro do.teto PCD a não ser que aumente o.teto. Podem esquecer Onix e.versa novos TB não.vao.entrar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Renault Kwid elétrico é registrado no Brasil

Vice-presidente da Toyota diz que venda direta deve chegar a 50% no País em 2019