Recall: Citroën convoca C3, Aircross e C3 Picasso por defeito em airbags


Em caso de colisão com acionamento dos airbags, existe o risco de projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo.

A Citroën do Brasil convoca os proprietários dos modelos C3, Aircross e C3 Picasso produzidos entre 2010 e 2014 para verificação do(s) airbag(s) frontal(is). Segundo a fabricante, a inspeção é necessária, pois, em caso de colisão com intensidade suficiente para o acionamento do sistema de airbag, pode ocorrer o rompimento do insuflador e a possível projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo.

Os riscos destas projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo, é ocasionar danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do veículo, e, em casos extremos, o risco de morte dos mesmos.

Veja Também

⇒ Volvo convoca XC90 para recall por falha na fixação do módulo do airbag

⇒ Recall: Caoa convoca os modelos i30, Elantra e Santa Fe por risco de incêndio

⇒ Recall: Honda convoca Accord para atualização de software

O atendimento para a inspeção já foi iniciado desde o dia 18 de janeiro. Neste primeiro momento será realizada a verificação dos airbags frontais e suas desativações. Posteriormente, em uma segunda etapa, nova informação será veiculada, para a substituição do(s) airbag(s) frontal(is) nos veículos mencionados abaixo.

Veja os Chassis envolvidos:

  • Citroën C3: produzidos entre 28/02/2012 até 18/07/2014 e chassis de CB566549 até FB513354;
  • Citroën Aircross: produzidos entre 27/04/2010 até 16/07/2014 e chassis de BB510370 até FB513229;
  • Citroën C3 Picasso: produzidos entre 18/05/2010 até 16/07/2014 e chassis de AB539630 até FB513179.

O agendamento e atendimento do serviço pode ser feito em qualquer concessionária Citroën em todo o País ou pelo telefone 0800-011-8088. A duração do atendimento é de aproximadamente 15 minutos para todos os modelos, nesta primeira etapa.

Fotos: Citroën C3

[Fotos: Divulgação]

Siga o MDA nas redes sociais: