in

Pausa nas prestações do carro: saiba como usar esse direito durante a pandemia

Veja como congelar as prestações do carro durante a pandemia do Coronavírus (COVID-19).

Publicidade
Publicidade

A pandemia de coronavírus que assola o mundo há algum tempo não é novidade para ninguém. Com quase 400 mil casos confirmados no mundo inteiro, entre eles mais de 16 mil mortes e mais de 2.000 casos confirmados no Brasil é inevitável que a preocupação tome conta da sociedade, sobretudo quando falamos de pessoas em grupos de risco.

Porém, isso está longe de ser uma mera questão de saúde pública, pois envolve inúmeros setores ao redor do mundo, inclusive o empresarial, fabril e financeiro, foco do nosso assunto de hoje. Com muitas pessoas em isolamento social, algumas não estão trabalhando e isso gera como consequência uma redução considerável da renda mensal do indivíduo e da família. Muitos nem renda estão obtendo, seja por afastamento ou corte de funcionários de determinado lugar.

Publicidade
Publicidade

Pensando nesse público que está enfrentando dificuldades durante a pandemia do COVID-19, com o intuito de conter despesas dessas famílias e fazendo com o que elas desembolsem para extremas necessidades, o Conselho Monetário Nacional determinou que duas das cobranças de prestações de imóveis e veículos fossem suspensas pelos grandes bancos. Há dois adendos: a pessoa com financiamento em bancos como Itaú, Bradesco e Santander não pode em hipótese alguma estar inadimplente com o financiamento, apenas a Caixa Econômica Federal autorizou que pessoas com até duas parcelas atrasadas também gozem desse benefício. Além disso, a pausa não é concedida para quem usa o FGTS para a quitação.

Veja Também

⇒ Coronavírus: Kia flexibiliza política de manutenções periódicas

⇒ Hyundai assegura garantia e revisões em meio à pandemia

⇒ Volkswagen prorroga suspensão da produção até o final de abril

Como fazer?

Como a recomendação das autoridades de saúde é o isolamento social, o requerente pode fazer a solicitação da pausa nas prestações sem sair de casa, tudo pela internet ou pelo telefone mesmo. Fique atento, pois a demanda está grande e pode haver congestionamento das linhas telefônicas, podendo tornar o procedimento não tão ágil como o proposto. O prazo para a conclusão é de 48 horas, ou seja, dois dias.

Publicidade
Publicidade

Na Caixa, o procedimento pode ser feito através do app Habitação Caixa, no campo de serviços e posteriormente o de pausa emergencial. Pode também ser feito por meio do WhatsApp 08007268068 e através dos telefones 3004-1105 para capitais e para demais cidades 08007260505. No caso de pessoa jurídica, contate seu gerente.

No Itaú pode ser feito pela Central de Atendimento ao Cliente, ligando para 4002-0234 se você morar em capital ou região metropolitana e ligando para 08007290234 se morar em demais cidades. Já o Bradesco possui apenas a possibilidade, não tendo o procedimento para mostrar.

Publicidade
Publicidade

No Santander, o cliente pode acessar o link https://www.santander.com.br/campanhas/santander-te-apoia. Ele dará acesso ao “Santander Te Apoia”.

[Foto: Reprodução]

Siga o MDA nas redes sociais:

Deixe uma resposta

Loading…