Honda Fit Personal CVT 2019 – Preço, Fotos e Especificações

22

A Honda já está comercializando o Fit Personal 2019. Essa versão Personal, foi criada para atender a demanda de pessoas com deficiência (PcD).

Externamente, o Fit Personal 2019 passa a adotar luzes de rodagem diurna em LED, sendo posicionadas no para-choque nesta versão Personal.

O modelo tem preço público de R$ 68.700,00, valor abaixo do teto estipulado pelo governo, mas com as isenções de imposto (IPI e ICMS), o modelo parte de R$ 52.837,78.

“Sem Kit – Sistema de áudio”

Essa versão pode ficar ainda mais caro, pois a Honda oferece a parte, um “kit de acessórios”. Esse Kit pode ser instalado nas concessionarias, o mesmo compõe rodas de liga leve e sistema de áudio, elevando seu preço em mais de R$ 5 mil.

“Com Kit – Sistema de áudio”

O Fit Personal oferece ainda, o exclusivo sistema Magic Seat, que permite uma configuração modular dos bancos. Essa tecnologia permite diversas configurações para acomodação de objetos longos e altos, além do modo Refresh, onde o encosto dianteiro alinha-se ao assento traseiro, em um encaixe que aumenta a capacidade de acondicionamento do veículo.

“Com Kit – Rodas de Liga”

Veja Também

⇒ Honda City Personal 2019 CVT – Preço e Detalhes

⇒ Lista de carros Honda disponíveis para PCD em 2018

⇒ Comparativo: Yaris sedã XL CVT ou City Personal CVT

Nas dimensões o Fit Personal 2019 conta com 2,53 metros de entre-eixos, 4,09 metros de comprimento, 1,53 de altura e 1,69 de largura. Seu porta-malas conta com 363 Litros de capacidade.

Na motorização o Fit Personal 2019 conta com o motor 1.5 16V de 115cv a 6000 rpm e 15.2 kgfm a 4800 rpm, isso com Gasolina. Já no Etanol, gera até 116cv a 6000 rpm e seu Torque de 15.3 kgf.m a 4800 rpm.

“Com Kit – Rodas de Liga”

Na segurança, o Fit personal 2019 oferece 2 airbags frontais, controle de tração e estabilidade, assistente de partidas em aclives, Freios dianteiros a disco e traseiros a tambor, freio ABS com EBD, apoio de cabeça e cintos de segurança de 3 pontos para todos os ocupantes, sistema Immobilizer, trava de segurança central dos vidros dos passageiros e portas traseiras, travas elétricas com travamento automático acima de 15 km/h, ISOFIX, e sistema de alerta de frenagem emergencial.

“sem Kit”.

Seus principais itens são: ar condicionado, direção com assistência elétrica progressiva, Piloto automático (cruise control), 4 alto-falantes (dois dianteiros e dois traseiros), coluna de direção ajustável em altura e profundidade, rodas em aço aro 15”, lanterna traseira em LED, Banco do motorista com regulagem de altura, computador de bordo multifunções e vidros elétricos e acionamento “Auto” para o vidro do motorista.

O modelo traz ainda retrovisores elétricos na cor do veículo com luz indicadora de direção, aviso sonoro do cinto de segurança para motorista e passageiro, console central com porta-copos, desembaçador do vidro traseiro, iluminação interna do porta-malas, pára-sois com espelho para motorista e passageiro, Porta-objetos nas portas dianteiras, Porta copos na saída de ar-condicionado, Porta-revistas atrás do banco dianteiro do passageiro, Revestimento dos bancos em tecido, bancos traseiros reclináveis e bipartidos (60/40) e tomada 12 Volts.

Galeria de Fotos – Honda Fit PcD 2019


Nos siga nas redes sociais

 Facebook- Mundo do Automóvel para PCD

 Instagram – Mundo do Automóvel para PCD

 Youtube – Mundo do Automóvel para PCD

Summary
Review Date
Reviewed Item
Review - Honda Fit Personal 2019
Author Rating
51star1star1star1star1star

22 COMENTÁRIOS

  1. Perdeu !!! A Honda e qualquer outra empresa que troque algum item para reduzir os custos de produção ( rodas de liga e central multimídia por exemplo ) está adotando uma postura de preconceito escancarada. Veja porque: Os “descontos” para o público PCD são a retirada dos impostos que o governo IMPÕE DE FORMA DESONESTA CONTRA O BRASILEIRO. Que se tornou refém desse sistema corrupto. As fábricas NÃO tem nenhum prejuízo ao vender seus veículos com as mesmas características originais. Por isso repito : PERDEU MINHA COMPRA HONDA ! E provavelmente de outros usuários que tem cérebro…

    • Também não será mais uma opção a Honda para mim.
      “””A Honda vende essa versão personal para público não pcd com deságio de R$ 5000. Ou seja, o preço de tabela é 68 000, mas as concessionárias vendem por 63 000.”””” Muita falta de respeito isso.

  2. Comprei um Honda FIT LX 2015 como PCD, este ano optei para outro carro. Realmente precisa ser muuuuito fan da Honda para comprar o FIT PCD hoje em dia…

        • Legal Mauro, Renegade não estava nos meus planos por vir muito “pelado” como ausência de rodas de liga leve e rádio. Então acho que sua lógica foi que agora o FIT e Renegade estão iguais em nivel de equipamentos mas o Renegade tem um acabamento muito superior ao do FIT. Foi isso?
          Com relação a performance do motor x cambio, está satisfeito?
          Obrigado!

          • Acabamento é outro nível mesmo. Sem falar dos itens de segurança que a versão 2017 do FIT não possuía em comparação com o Renegade (sem falar do piloto automático que não vou mais viver sem). Telinha e rodas posso até fazer a menos, mas da segurança não quero abrir mão. Consumo é mais ou menos o 20% a mais do que o FIT nas minhas medições. Motor não é para correr mesmo, mas viajando na estrada não sinto falta de potência. Observação: rodas de ferro do Renegade até que para o meu gosto estão bonitas. Rádio instalei um modelo simples com bluetooth por 200 reais incluindo instalação. Não acho bonito gastar muito para multimídia.

  3. A Honda foi mesquinha com esse “novo” Fit, agora a versão LX custa 70 mil e 100 reais, ou seja fora da isenção de icms. Para PCD oferece agora a versão personal que nada mais do que a LX sem rodas, rádio e faróis de milha por 68 e 700 reais. A meu ver poderia ter oferecido a versão LX por 69.990 reais, mas para lucrar mais com a venda de acessórios com a versão personal tirou a LX da isenção de icms. Maldade! ;(

    • João, eu não gosto de Fit mas é uma grande sacanagem a Honda colocar 100 reais a mais na versão LX e colocar essa versão tosca para o PCD é falta de respeito com esse público.
      Não compro Honda, Toyota e nem Hyundai pq acho que essas marcas exploram o brasileiro oferecendo carros que não justificam o valor caro cobrado !!!
      A Toyota cobra R$ 49.605,00 pelo Etios 1.5 XLS para PCD, carro pequeno, feio, com câmbio defasado de 4 marchas e por apenas mais R$ 385,00 vc compra um Peugeot 408, sedã médio com bom espaço interno, confortável, porta malas de 526 L, motor turbo 1.6 THP, câmbio AT 6 da japonesa AISIN e tc …
      No caso da Honda ela cobra R$ 2.490,00 a mais que o 408 pelo FIT Personal !!
      Mas o brasileiro vai e compra achando que estão fazendo um ótimo negócio e as japas ficam rindo a toa pelo enorme lucro que ganham em cima de nós !!

      • Tomara que saia logo o reajuste do teto do ICMS (pra fica acima de 70 mil). Aí vai quebrar a cara dessas montadoras que ficam explorando os público PCD vendendo carros sem acessórios.

      • concordo em partes de seu comentário, mas deixar de comprar um honda pra compra um pegeout, ae vc forçou….tente vender um honda e um pegeout, depois vc me fala! desvalorização absurda!

        • Boa tarde chara, a Peugeot mudou não é mais problemática como antes as pessoas precisam começar a mudar um pouco o pensamento e analisar o que as montadoras estão oferecendo, existe outros horizontes além de Honda, Toyota e Hyundai, no meu cometário quis mostrar o qto a Honda, e as outras tb, explora o publico PCD e tb o publico em geral, vendendo mais caro um carro pelado e de categoria inferior a um sedã médio.
          O 408 disputa com o Civic, Corolla, Jetta, Sentra, Cruze, não com Fit, a Peugeot oferece um carro mais equipado, potente, categoria superior e ainda cobra mais barato,
          Claro que desvaloriza mais pelo motivo de baixa venda mas com os descontos de impostos e mais da montadora não vai ter uma perda significativa e pode demorar um pouco mais mas acaba vendendo, existem muitos modelos que tem vendas baixas mas todos tem seu mercado.
          Não compro carro pensando no gosto do próximo proprietário e sim pensando no meu gosto, no meu prazer e no meu conforto, portanto não ligo para a revenda.
          Comprei o 408 e estou muito satisfeito, carro espaçoso, confortável, bem equipado, prazeroso de dirigir, pude comprar na cor prata sem custo adicional, ganhei película, tapetes em carpete e bancos em couro sintético mas de qualidade da css e tudo isso por 50 K.
          Em uma viagem faço ultrapassagem rápida e segura com o potente motor 1.6 turbo BMW que ganhou vários prêmios na Europa, o ótimo câmbio da japonesa AISIN que também é usado pela Toyota, casa muito bem com o motor.
          Mas cada um tem que ver o que mais gosta e o que acha melhor, desejo muita sorte na sua escolha.

  4. Fui ver ver na Honda, o modelo para PCD, e achei um absurdo que a Honda fez, certamente isso vai se repercutir de forma negativa para marca que mantinha a tradição e conceitos de carros completos, ia trocar de carro, tenho um Fit, e ia pegar o novo mas vendo o que a Honda fez estou ate procurando outro carro, e inaceitavel essa discriminação, espero que a Honda reveja esse grande erro. Da para perceber intimamente a estrategia de vender os kits, e assim lucrar mais oferecendo menos …

  5. Decepcionado com a Honda, poderiam ter oferecido a versão LX por 69.990, mas ao invés disso depenaram os acessórios da Lx e chamaram ela de Personal por 68 mil e 700. Sacanagem!!

  6. A Honda vende essa versão personal para público não pcd com deságio de R$ 5000. Ou seja, o preço de tabela é 68 000, mas as concessionárias vendem por 63 000. Só isso já basta para boicotar a marca. Tenho um fit 2016. Não terei um 2018. Devo migrar para os franceses

    • O problema do francês é que na hora de vender perde-se um dinheirão. Meu Fit LX cvt 16 hoje vale mais 3.000 Reais do que paguei por ele zero, em fevereiro de 2016 (tabela Fipe). Ainda acho Renegade ou Kicks mais jogo do que qualquer francês. Sim, acho o 2008 um luxo, mas a desvalorização é monumental… não tenho essa coragem. rsrs.

      • Cara, meu último carro antes do fit foi um focus sedan. Mesmo problema de desvalorização dos franceses. Sinceramente, estou achando o fit um lixo quando comparado ao meu focus antigo. Vou encarar a desvalorização como um preço a pagar pelo conforto (e também para boicotar a Honda). A propósito, devo pegar um 408 ou c4. Gosto de sedans.

  7. Fui na concessionária ver esse carro hoje, e até que não achei tão pelado! Se comparar com a versão LX, o quadro de instrumentos é mais completo e bonito, vem com piloto automático, botões para atender/encerrar chamada telefônica no volante. Deixa de ter rodas de liga leve, farol de neblina e rádio. Mas uma coisa é fato, a Honda em todos os modelos deve ter uma margem de lucro absurda e abusiva, se aproveitando do tradição que a marca possui. Eu não compraria, acho que tem opções mais interessantes de outras montadoras com qualidade similar ou até mesmo superior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here