in ,

Avaliação: Volkswagen Voyage 1.6 MSI Automático 2019

Lançado em 1981, sob a plataforma do VW/Gol, o Voyage se destacou no mercado nacional, até 1995, sendo substituído pelo Polo Classic em 1997.

Com a lacuna do modelo não preenchida de forma satisfatória, a montadora ressuscitou o nome icônico em seu novo modelo, lançado em 2008.

O sucesso não veio de forma imediata como em seu primeiro lançamento, em partes pelos problemas enfrentados pelo Gol de mesma geração.

Em meados de 2018 o sedã veterano da Volkswagen passou a oferecer a opção de caixa automática de seis marchas, a mesma da dupla Polo e Virtus.

Há boas razões para a Volkswagen ter adotado essa caixa nos modelos compactos. A crescente popularização da caixa automática no mercado, que para este ano, prevê 60% de participação de veículos com essa transmissão e a rejeição às opções automatizadas são fatores determinantes.

A Linha 2019 do Voyage oferece três opções de motor e duas de câmbio: 1.0 (84 cv) e 1.6 (104 cv) com transmissão manual de cinco marchas e 1.6 MSI (120 cv) com transmissão automática.

As configurações com transmissão automática chegam para atender a várias demandas de mercado, que vão desde clientes que procuram ótima relação custo-benefício e conforto, a frotistas e pessoas com deficiência (PCD).

A Volkswagen também acrescentou um novo pacote de opcionais para versão automática do Voyage 2019, o pacote Interatividade Urban – Limited Edition.

A versão avaliada pelo Mundo do Automóvel para PCD, conta com motorização 1.6, transmissão automática e todos opcionais, menos o Limited Edition, lançado em 18/02/2019.  O logotipo MSI Automatic na tampa traseira é a única identificação para diferenciar essa versão.

Veja Também

Ao Volante

Ao adentrar o Voyage, nota-se a distribuição satisfatória de espaço, porém, o ar de construção de baixo custo se apresenta ainda, em alguns detalhes do acabamento de porta, grafia do computador de bordo central e no conforto acústico.

No mais, os ajustes de banco e regulagem de volante são amplos e proporcionam bom posicionamento para condução.

O conjunto mecânico composto pelo motor 1.6 MSI de até 120 cv e transmissão automática de seis marchas agrada e trabalha em sintonia para garantir também conforto acústico.

Em velocidade de cruzeiro em uma estrada, a 120 km/h, por exemplo, o motor do Voyage trabalha a menos de 3.000 rpm, garantindo ótimo consumo de combustível, baixa vibração e silêncio a bordo.

Os paddle shifts, são bem posicionados, facilitando as trocas de marcha em uma comunicação harmoniosa com o condutor. O volante, revestido em couro, tem boa pegada e agilidade nas manobras do dia a dia. Com acabamento em preto brilhante e iluminação para facilitar, dá um toque a mais para quem agora vai de Voyage.

O computador de bordo é completo dentro da proposta do modelo, contando com ajustes de conforto, como, por exemplo, alerta de velocidade programável.

O modelo não conta com controle de velocidade de cruzeiro, mas a comunicação com o sistema Apple CarPlay é bastante simples e eficaz.

Consumo

A média de consumo que obtivemos com etanol em trajeto misto ficou em 7,3 km/l, isso, com uso constante do ar condicionado.

Motorização

O Volkswagen Voyage 1.6 tem potência máxima de 120 cv com etanol e 110 cv com gasolina a 5.750 rpm, com torque máximo de 16,8 kgfm com etanol e 15,8 kgfm com gasolina, ambos a 4.000 rpm.

Equipamentos

Em sua versão 1.6 MSI sem pacote de opcionais, o modelo entrega itens como ar-condicionado, direção hidráulica, banco do motorista com ajuste de altura, suporte para celular integrado ao painel com entrada USB, travamento elétrico das portas e vidros dianteiros com acionamento elétrico.

A lista de equipamentos de conforto e conveniência é composta ainda pelo encosto do banco traseiro rebatível, desembaçador traseiro, alerta sonoro de faróis acesos, tomada 12V no console central e para-sol com espelho para motorista e passageiro.

Entre os itens de aparência, o modelo conta com os para-choques pintados na cor do veículo, as rodas aro 15 (pneus 195/55 R15), antena de teto e faróis com máscara negra.

No quesito segurança, o modelo traz freios ABS com EBD, dois airbags, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, alerta de não utilização de cinto de segurança do motorista, três apoios de cabeça com ajuste de altura no banco traseiro e sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência).

O modelo conta ainda com quatro pacote de opcionais, o “Urban Completo” que parte de R$ 3.105,00, o Interatividade “Composition Touch” que tem preço de R$ 2.070,00, o Interatividade “Media Plus”, com preço de R$ 1.035,00.  E por fim o Interatividade Urban – Limited Edition que tem preço à vista de R$ 3.800,00.

Preço

Voyage 1.0 Manual – R$ 54.370,00

Voyage 1.6 Manual – R$ 58.400,00

Voyage 1.6 MSI Automático – R$ 62.900,00 – Preço PcD – R$ 48.918,00 (versão avaliada)

O modelo tem três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem. O Voyage é oferecido em cinco cores: três sólidas (Branco Cristal, Preto Ninja e Vermelho Flash) e duas metálicas (Prata Sirius e Cinza Platinum).

Conclusão

Para quem procura um modelo de acesso com câmbio automático, robustez e se preocupa com a oferta de equipamentos como Paddle Shift, o Voyage pode ser a opção mais acessível e completa.

Devem ser considerados a idade do projeto, a simplicidade do acabamento e a limitação de espaço, mesmo considerando o seu bom porta malas. Mesmo com a boa oferta de equipamentos, soluções mais rusticas, como as molas helicoidais para controle da movimentação do porta malas ou marcações de manoplas manuais e pinos de travas nos acabamentos das portas são evidentes.

No uso diário, o Voyage se mostrou eficiente em sua proposta, porém, com menor conforto.

Galeria de Fotos – Voyage 1.6 MSI Automático


Nos siga nas redes sociais

 Facebook- Mundo do Automóvel para PCD

 Instagram – Mundo do Automóvel para PCD

 Youtube – Mundo do Automóvel para PCD

Escrito por James Braga

James Braga de Souza, 39 anos, aficcionado pelo mundo automotivo desde criança. PCD desde 2013, aprofunda-se neste mercado movido pela satisfação pessoal e na intenção de contribuir.

Siga o MDA nas redes sociais
Facebook -- Instagram -- Youtube -- Twitter

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *