in ,

Avaliação: Volkswagen Virtus 1.6 MSI Automático

Com linhas elegantes e funcionais, o Virtus chega em um momento em que a Volkswagen assume uma postura mais agressiva em busca da liderança de mercado. Como resultado dessa estratégia, a marca bateu recorde de vendas para PcD, quadruplicando suas vendas neste seguimento.

A versão disponibilizada ao Mundo do Automóvel para PCD avaliar é a 1.6 MSI automática com todos opcionais. O modelo é uma opção bastante interessante para sua faixa de preço.

Externamente:

A arquitetura do Volkswagen Virtus é a mesma do Polo, feito sobre a plataforma modular MQB. O modelo obteve nota máxima nos testes de segurança feito pelo Latin NCAP.

As diferenças ficam por conta das laterais maiores a partir da coluna ‘B’, incluindo as portas e a traseira. A lateral por sua vez, possui linhas bem fluídas e atraentes. O teto arqueado dá ao modelo um estilo Fastback. Passando para a traseira, logo se observa as lanternas horizontais, que lembram as do Audi A3 Sedan.

 

Veja Também

⇒ VW Virtus Sense 1.6 AT6 2019 – Preço, Fotos e Especificações

⇒ VW Polo Sense 200 TSI AT6 2019 – Preço, Fotos e Especificações

Volkswagen quadruplicou venda de veículos para PcD em 2018

Internamente:

O espaço interno é um dos destaques do Volkswagen Virtus. O espaço é praticamente igual do Jetta, seu irmão maior, principalmente na parte traseira, onde o bom espaço para as pernas, acomoda bem três ocupantes. O túnel central baixo complementa o bem-estar para os ocupantes do banco de trás.

Com 4,48 metros de comprimento, 1,75 metro de largura e 2,65 metros de comprimento, o três-volumes está mais perto de modelos médios do que de compactos. Seu porta-malas por exemplo, conta com 521 litros de capacidade.

Consumo:

A média de consumo que obtivemos com etanol em trajeto misto ficou em 7,8 km/l, isso, com uso constante do ar condicionado.

Ao Volante:

Rodamos 800km em percurso misto com o VW Virtus, na cidade de São Paulo e adjacências.

Logo ao adentrar o veículo, nota-se que a VW trabalhou muito bem na definição de uma posição agradável ao motorista. O modelo, mesmo sem contar com ajustes de altura e profundidade do volante, possui ajustes precisos de banco do motorista e altura dos cintos de segurança. Para o passageiro do banco dianteiro, o conforto é bom, mas a posição do banco é mais baixa, privilegiando passageiros com maior estatura. Destacamos o bom acabamento, mas com visual espartano, como a presença de uma lâmpada vermelha para sinalizar a presença do sistema antifurto no painel de porta esquerdo.

Os comandos são de fácil alcance, com exceção do comando de acendimento dos faróis, um pouco mais afastados do alcance da mão.

A central multimídia conta com conexões para IOS e Android, rápidas e interativas, com duas entradas USB, sendo uma na própria central e outra atrás do suporte para celular, localizado na parte central do painel.

Para quem viaja no banco traseiro, o Virtus se apresenta generoso, acomodando com conforto, 3 adultos.

Contando com cintos de 3 pontos para todos os ocupantes, torna-se mais seguro para crianças, acomodando com tranquilidade bebê confortos e cadeirinhas, adicionalmente contando com ISOFIX.

No rodar, o Virtus se comporta com baixo nível de ruídos, e uma suspensão bem acertada. No dia a dia, apresenta-se como um veículo confortável, mesmo apresentando poucos itens de luxo.

Neste quesito, destacamos o limpador de para brisa, que altera sua velocidade de funcionamento nas paradas, aumentando o conforto em dias de chuva.

Equipamentos:

Em termos de segurança o modelo traz 4 airbags, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade e tração, bloqueio eletrônico do diferencial, alerta de frenagem de emergência, assistente para partida em aclive, sensores de estacionamento traseiro, sistema de alarme, apoios de cabeça e cintos de segurança de 3 pontos para todos e ISOFIX.

Entre os principais itens, o modelo traz ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, rodas de liga leve de 15”, trio elétricos, luzes indicadoras de direção nos espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis com função tilt down no lado direito e banco do motorista com ajuste de altura.

Além de volante multifuncional, sistema de som touchscreen “Composition Touch” com App-connect e 4 alto-falantes, suporte para celular com entrada USB para carga, display multifuncional plus e dentre outros.

Preço:

  • Virtus 1.6 MSI MT –  R$ 63.440
  • Virtus 1.6 MSI AT – R$ 68.870
  • Virtus 1.6 MSI Sense AT – R$ 69.990 ( R$ 55.228 PCD).
  • Virtus 1.6 MSI AT (todos opcionais): versão avaliada R$ 73.780 (R$ 62.990 PCD)
  • Virtus Comfortline 200 TSI AT – R$ 77.330
  • Virtus High. 200 TSI AT – R$ 82.870

Conclusão:

Em nossa avaliação, o Virtus 1.6 MSI mostrou-se robusto e macio ao rodar, destacando-se pelo conforto e espaço interno.

Apresenta nichos estratégicos e generosos para acomodar objetos pessoais e um consumo compatível com a sua proposta.

O acerto de motor e câmbio demonstra como resultados, boas retomadas, essenciais no tráfego urbano. Já, para quem busca recheio de equipamentos e conforto visual, o Virtus entrega um conjunto visual mais monocromático e sem linhas ousadas. Mas não se iluda, a aparência mais espartana esconde um modelo ágil e confortável, com uma excelente distribuição de espaço e inteligentes soluções de conforto.


Nos siga nas redes sociais

 Facebook- Mundo do Automóvel para PCD

 Instagram – Mundo do Automóvel para PCD

 Youtube – Mundo do Automóvel para PCD

Escrito por James Braga

James Braga de Souza, 39 anos, aficcionado pelo mundo automotivo desde criança. PCD desde 2013, aprofunda-se neste mercado movido pela satisfação pessoal e na intenção de contribuir.

Siga o MDA nas redes sociais
Facebook -- Instagram -- Youtube -- Twitter

6 Comments

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *