Possível no Brasil, Nissan Kicks E-Power chega ao México


Com 136 cavalos de potência, SUV com propulsão híbrida tem chances de vir importado da Tailândia.

A Nissan introduz ao mercado automotivo mexicano o SUV compacto Kicks em uma variante denominada de E-Power. Com propulsão híbrida, o modelo inicia a ofensiva da marca japonesa na América Latina para a eletrificação dos modelos vendidos no continente, incluindo o próprio Brasil.

“Até o segundo semestre de 2022 introduziremos este novo veículo elétrico no mercado mexicano e esperamos que, até o primeiro semestre de 2023, a Nissan tenha presença no segmento de veículos elétricos em 34 mercados da América Latina”, diz o diretor sênior de marketing da Nissan México, Rodrigo Centeno.

Veja Também

⇒ Nissan Kicks Active para PcD está sendo vendido com bônus de fábrica

⇒ Nissan Kicks PCD 2022 retoma ao mercado; veja preços

Sobre o novo Kicks E-Power, ele traz uma tecnologia que é um pouco diferente da híbrida tradicionalmente conhecida, mas que na própria Nissan já vem sendo bastante difundida. Nele, o motor a combustão é responsável por carregar o propulsor elétrico que empurra o veículo. Sobre o motor “convencional”, falamos do 1.2 aspirado de três cilindros com 79 cavalos e de forma conjugada proporciona ao SUV nada menos que 136 cavalos e 28,5 kgfm de torque.

Por sua vez, a bateria tem capacidade de armazenamento de 2,06 kWh. Ainda é difícil precisar sua chegada por aqui, mas a julgar pela estratégia da marca, isso não deve passar do ano que vem. Além disso, o modelo é feito na Tailãndia, ou seja, poderemos voltar a ter Kicks importado a venda no Brasil.

Fotos: Nissan Kicks Híbrido

Banner MDA