Latin NCAP: Renault Duster zera em teste e órgão pede recall


Montadora francesa emitiu nota alegando que o mesmo modelo havia recebido nota 4 em outra ocasião, sendo o zero atribuído a mudança de protocolos.

O Latin NCAP divulgou recentemente dois novos testes de segurança de veículos vendidos na América Latina, sendo que um desses é comercializado aqui no mercado brasileiro. Falo do SUV compacto Renault Duster que, após realização das provas, teve sua nota zerada por motivos um tanto graves, como vazamento de combustível, entre outros.

A respeito do vazamento em si, ele foi constatado logo na colisão frontal a 64 km/h, além de problemas estruturais na dianteira e outro ponto bastante questionado foi a segurança infantil, pois os bonecos usados na simulação se chocaram com os bancos dianteiros. O teste lateral foi mais um empecilho para o sucesso do Duster na avaliação, pois houve abertura da porta dianteira, bem como capotamento da unidade testada.

Tais problemas percebidos pelo órgão fizeram com que fosse solicitado a marca um recall de absolutamente todas as unidades do Renault Duster comercializadas no continente, pois precisa solucionar rapidamente o vazamento de combustível e melhorar a estrutura lateral com a finalidade da porta não mais se abrir com a colisão.

Veja Também

⇒ Recall: Peugeot convoca 208 por possibilidade de ruptura do eixo traseiro

⇒ Recall de Celta e Classic: GM oferece R$ 500 e sorteio de 3 Onix 0km

⇒ Recall: Mitsubishi convoca ASX e Outlander por falha no freio de estacionamento

Dentro de toda essa questão tem uma mais intrigante que é o desempenho do veículo no crash-test em 2019 garantiu nota 4, sendo o modelo importado da Romênia e não o vendido no Brasil, como o utilizado em agosto de 2021. A Renault do Brasil emitiu a seguinte nota oficial:

“O veículo Duster, que teve o seu teste divulgado em agosto de 2021, é exatamente o mesmo em termos de conteúdos de segurança ativa e passiva em relação ao veículo que obteve quatro estrelas na proteção para adultos e três estrelas na proteção para crianças, em teste realizado pela mesma instituição em 2019. Em 2020 o Latin NCAP mudou os protocolos de testes e, por conta disso, os resultados são diferentes.

É importante reforçar que o Renault Duster cumpre rigorosamente as regulamentações nos países em que é comercializado, superando-as em alguns quesitos. O modelo traz diversos equipamentos de segurança como ESP, alerta de ponto cego, câmera Multiview, assistente de partida em rampa, entre outros, que não são obrigatórios por lei.

A Renault considera que, assim como houve uma grande evolução na segurança veicular nos últimos anos, o tema seguirá evoluindo e a Renault continuará a oferecer produtos com alto nível de segurança.”

Veja os testes na íntegra:

Siga-nos nas redes sociais: