in ,

Fiat Cronos ganha nova versão exclusivamente destinada ao público PcD

Publicidade
Publicidade

A Fiat Automóveis do Brasil S/A traz agora no mês de setembro de 2019 uma novidade no que tange o segmento de sedans compactos premium no país, mais especificamente no portfólio de veículos ofertados dentro do teto de R$ 70.000 aplicado para a concessão da isenção do ICMS. Trata-se do Fiat Cronos com motorização 1.8 E.torq EVO e transmissão automática de seis marchas dessa vez sem nomenclatura, sendo tratado como Fiat Cronos 1.8 Automático (PCD). Não sabemos ainda se a nova versão vem em substituição à versão Drive 1.8 AT6 lançada no fim de 2018 com foco também nesse público, mas não de modo exclusivo como essa. Também não se sabe se é um complemento visto um possível aumento de valor da versão já referida, fazendo com que ela ultrapasse o limite estipulado para as duas isenções.

Fazendo um breve histórico do modelo desde o lançamento, essa é a segunda modificação no portfólio da gama Cronos para atender pessoas com deficiência. O sedan chegou inicialmente tendo todas as versões passíveis da utilização das isenções de IPI e ICMS, sendo a topo de gama naquela ocasião a versão Precision 1.8 AT6 que desde que não adicionada cores cobradas e opcionais tinha valor reduzido para a casa de R$ 51.000, aproximadamente, além dessa redução estar contemplando bônus de fábrica. Porém em novembro de 2018 a marca italiana promoveu alterações de preço e a mesma passou a custar em torno de R$ 72.000 sem isenções, sendo que foi lançada a versão Drive com o mesmo conjunto mecânico para vigorar no valor antigo da versão mais completa. Agora, menos de um ano depois a marca promove este lançamento, mas voltamos a dizer que ainda não temos confirmação se virá em substituição ou acréscimo.

Publicidade

Veja Também

⇒ Fiat Cronos 2020: preço, fotos, versões, equipamentos e mais

⇒ Fiat Argo 2020: preço, fotos, versões, equipamentos e mais

⇒ Opinião do dono: Fiat Cronos 1.8 Precision automático 2018

Entre os itens de série estão ar-condicionado analógico, direção elétrica, vidros elétricos, travas elétricas, retrovisores também elétricos com função tilt down, sensor de estacionamento traseiro, alarme antifurto, duplo airbag, freios ABS, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, sensor de pressão dos pneus, lanternas traseiras em LED, rodas de aço de 15 polegadas com calotas, central multimídia UConnect touchscreen com tela de sete polegadas e conexões Bluetooth, USB, auxiliar, além de espelhamento via Android Auto/Apple CarPlay, configurações do veículo, entre outros recursos. Possui também entre outros itens o volante com comandos de áudio e computador de bordo, além de regulagem de altura do banco do motorista.

Quanto ao powertrain falamos do tradicional 1.8 E.torq 16V que possui 139 cavalos quando abastecido no etanol ou 135 cavalos quando com gasolina, ambos a 5.750 rpm. O torque no combustível derivado da cana de açúcar é de 19,3 kgfm e na gasolina é de 18,8 kgfm, ambos a 3.750 rpm. A transmissão é automática com conversor de torque AISIN de seis marchas exclusiva para a motorização. No tocante a valores para PcD ainda não temos ciência e assim que tivermos a matéria será atualizada, mas sabe-se que parte dos mesmos R$ 69.990 cobrados anteriormente pelo Precision AT6 e pelo Drive AT6, tendo três cores gratuitas como opção: a sólida Branco Banchisa e as metálicas Cinza Silverstone e Prata Bari, sendo a primeira metálica uma novidade da linha 2020 do modelo.

Publicidade

Siga o MDA nas redes sociais:

Deixe uma resposta

Loading…