Carros usados até R$ 30 mil: o que comprar?


Confira cinco opções de veículos usados com transmissão automática até R$ 30 mil, dispensando o pagamento do IPVA.

Pensando nas pessoas com deficiência (PcD) que desejam um veículo mais em conta e que não necessariamente seja novo, o Mundo do Automóvel para PcD traz uma lista com cinco opções de veículos com transmissão automática até R$ 30 mil.

São veículos com um pouco mais de tempo de uso, mas que não possuem manutenção difícil e que costumam ser de baixo custo. A listagem em questão não traz veículos automatizados, mas não é fator impeditivo para as próximas indicações.

Além disso, dispensam pagamento de IPVA, seja por terem valor abaixo dos R$ 70 mil que é em muitos estados o teto para a concessão da isenção ou por já não terem mais cobrança da alíquota em razão do ano de fabricação. Em alguns locais o carro ao alcançar dez anos de uso já não tem mais o imposto cobrado.

Lembrando que o preço utilizado como referência aqui é o da Tabela FIPE, podendo haver diferença nos anúncios de acordo com localização, quilometragem, estado de conservação, entre outros fatores:

Confira a lista dos carros usados até R$ 30 mil:

  1. Honda Civic EX 1.7 AT 2006

Tabela FIPE: R$ 23.644
Motorização: 1.7 16V – 130 cavalos e 15,8 kgfm de torque (Gasolina)
Câmbio: automático de quatro marchas
Principais itens de série: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos nas 4 portas, travas elétricas, retrovisores elétricos, bancos revestidos em tecido, volante com regulagem de altura, sistema de som, piloto automático, computador de bordo, rodas de liga-leve de 15 polegadas com calotas, airbag duplo, freios ABS, entre outros itens.

Começamos a lista com uma opção de uma marca japonesa, o que para muitos é considerado um ponto a mais de confiabilidade. Trata-se de um veículo de baixa manutenção, facilidade de encontrar peças e lista de equipamentos de série que satisfaz. Espaço interno e porta-malas adequados para uma PcD.

  • Honda Fit LX 1.4 CVT 2008

Tabela FIPE: R$ 25.169
Motorização: 1.4 8V – 80 cavalos e 11,8 kgfm de torque (Gasolina)
Câmbio: automático do tipo CVT
Principais itens de série: ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas 4 portas com função one touch para o motorista, travas elétricas, retrovisores elétricos, bancos revestidos em tecido, banco do motorista com regulagem de altura, rodas de aço de 14 polegadas com calotas, airbag duplo, entre outros itens.

O Fit é mais uma opção da japonesa Honda, considerada por muitos uma das marcas mais confiáveis do mercado. Assim como o Civic, trata-se de um carro de baixa manutenção, facilidade de encontrar peças e consumo de combustível bom. Espaço interno e porta-malas adequados para uma PcD, além de uma ótima versatilidade.

  • Toyota Corolla XLi 1.6 AT 2007

Tabela Fipe: R$ 27.683
Motorização: 1.6 16V – 110 cavalos e 15 kgfm de torque (Gasolina)
Câmbio: automático de quatro marchas
Principais itens de série: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos nas 4 portas, travas elétricas, retrovisores elétricos, bancos revestidos em tecido, banco do motorista com regulagem de altura, sistema de som com CD/MP3/AUX, rodas de aço de 14 polegadas com calotas, airbag duplo, freios ABS, entre outros itens.

Mais um japonês, dessa vez um Toyota e que tem os mesmos atributos já mencionados nos modelos anteriores da Honda. Diferente da maioria dos Corolla vistos por ai, a versão XLi desse ano traz um motor 1.6 mais comedido e uma lista de itens de série enxuta, sendo um veículo muito pretendido como zero km pelo público PcD da época, uma vez que era versão exclusiva.

  • Toyota Fielder XEi 1.8 Flex AT 2007

Tabela Fipe: R$ 29.562
Motorização: 1.8 16V – 136/132 cavalos e 17,5/17,3 kgfm de torque (Etanol/Gasolina)
Câmbio: automático de quatro marchas
Principais itens de série: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos nas 4 portas, travas elétricas, retrovisores elétricos, alarme, bancos revestidos em tecido, volante com regulagem de altura, sistema de som com CD/MP3/AUX, relógio digital, rodas de liga-leve de 15 polegadas, airbag duplo, freios ABS, entre outros itens.

A Toyota Fielder nada mais é que a carroceria perua do Corolla, mas que infelizmente durou pouco e não fez o sucesso devido, apesar de manter os atributos do irmão mesmo com porta-malas um pouco menor. Diferente do sedan, aqui a versão XEi é a de entrada e em relação ao Corolla XLi listado anteriormente já agrega o motor 1.8 flexível e pode ser uma opção para você que sente falta das peruas.

  • Chevrolet Zafira Expression 2.0 Flex AT 2011

Tabela FIPE: R$ 30.594
Motorização: 2.0 16V – 140/133 cavalos e 19,7/18,9 kgfm de torque (Etanol/Gasolina)
Câmbio: automático de quatro marchas

Principais itens de série: ar-condicionado digital automático, direção hidráulica, vidros elétricos nas 4 portas, travas elétricas, retrovisores elétricos, bancos revestidos em tecido, banco do motorista, volante e faróis com regulagem de altura, limitador de velocidade, sistema de som com CD/MP3/AUX, rodas de aço de 15 polegadas com calotas, airbag duplo, freios ABS, entre outros itens.

A consagrada antecessora da Spin é nossa última indicação da lista, mas não a menos importante e carregando aqui algumas “exclusividades”, como sendo o único modelo a dispor de ar-condicionado digital automático, além de ser a única minivan e contar com sete lugares, sendo uma opção adequada para a PcD que tem família grande. Das opções apresentadas é a que pode ter maior consumo de combustível, mas o tradicional motor GM Família II é de confiável e fácil manutenção.