Para produzir Polo Track, Volkswagen moderniza planta de Taubaté (SP)


Previsto para 2023, modelo substituirá o Gol no portfólio de veículos de entrada da marca alemã no Brasil.

A Volkswagen do Brasil está aplicando desde dezembro de 2021 o aporte de mais de R$ 7 bilhões até 2026 para a modernização e atualização de modelos na América Latina. Aqui, falamos especificamente do investimento feito na planta de Taubaté (SP) para a produção a partir de 2023 de um novo veículo de acesso.

Trata-se do Polo Track, hatch que já está rodando em testes pelo país e que terá o papel bastante árduo de suceder o veterano Gol que dará adeus ao mercado nacional após 42 anos – sendo os últimos 14 na mesma geração.

Veja Também

⇒ VW Nivus para PcD: veja os preços, verões, equipamentos (e fotos)

⇒ VW T-Cross PCD volta com desconto de até R$ 21 mil

Segundo a montadora, a fábrica de Taubaté passa por uma modernização para se adaptar à nova plataforma MQB – estratégia modular que permite mais espaço interno, motores eficientes e de alto desempenho, altos níveis de segurança, muita conectividade, mais flexibilidade, avançados recursos de tecnologia e conforto de veículos superiores – que servirá para a produção do Polo Track e também para possíveis novos modelos da marca na mesma plataforma.

Além disso, 80 novos robôs foram adquiridos na Armação, garantindo qualidade e um aumento de 33% da capacidade de produção para a plataforma MQB. Logo, já podemos ver que a marca alemã pretende não só ter o Polo Track como opção de entrada, mas ainda assim agregar opções ao portfólio brasileiro.

Fotos: projeção VW Polo Track

Banner MDA