in , ,

Motores Firefly Turbo da FCA chegam em 2021, garante Antonio Filosa

Em videoconferência com o colunista Jorge Moraes, presidente do grupo na América Latina traz novidades sobre o assunto; SUV’s de Jeep e Fiat chegam até 2022.

Publicidade
Publicidade

O site UOL Carros entrevistou na tarde da última quarta (1/7) o presidente do Grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles) na América Latina, Antonio Filosa e obteve informações importantes a respeito do futuro de Fiat e Jeep no mercado brasileiro, sobretudo tendo em vista a pandemia do COVID-19 que como consequência postergou alguns projetos.

Filosa disse que os investimentos programados na ordem entre R$ 15 bi e R$ 16 bi para o país estão garantidos, ainda que o momento não esteja favorável. Quanto as novidades, os motores Firefly Turbo 1.0 e 1.3 que poderiam chegar à gama Fiat e Jeep no finalzinho de 2020 serão adiados por alguns meses e devem estrear no primeiro trimestre de 2021, além de serem produzidos em Betim-MG. Não se sabe sobre quais serão os primeiros modelos a dispor das motorizações novas, mas há suspeitas que de que possa ser o Jeep Compass, já que o presidente comentou que as mudanças no modelo irão além de um facelift e que irão abranger motor e tecnologia.

Publicidade
Publicidade

Veja Também

⇒ Desconto de fábrica Jeep de até 33% para PcD encerra em 2 de julho

⇒ Fiat lança oficialmente Cronos 1.8 para o público PCD

⇒ Jeep Renegade PcD 2020: fotos, preço, equipamentos e mais

São 25 lançamentos previstos para o Brasil tanto na Jeep quanto na Fiat, como facelifts, séries especiais e novos modelos, incluindo os SUV’s da marca italiana. Um deles, derivado do hatch compacto premium Argo, já foi flagrado em testes de rodagem  e deve competir com o recém-lançamento da Volkswagen, o Nivus. O outro será baseado no conceito Fastback, cuja base foi o Fiat Toro, mas Filosa se limitou a dizer que um deles chega no ano que vem e o outro apenas em 2022 sem especificar qual virá em tal período.

Presenças confirmadas para 2021 são os Jeep Renegade e Compass com propulsão híbrida, além do SUV derivado do Compass com capacidade para sete ocupantes e fabricação na planta pernambucana de Goiana.

Publicidade
Publicidade

[Fotos: Divulgação]

Siga o MDA nas redes sociais:

Deixe uma resposta

Loading…