in ,

Fiat lançará nos próximos anos os SUV’s derivados de Argo e Toro

Modelos serão os primeiros da marca italiana no segmento automotivo que mais tem se expandido pelo mundo.

Publicidade
Publicidade

Com atenções voltadas nas mais novas tendências de mercado automotivo, a Fiat lançará no Brasil nos próximos anos uma dupla de SUV’s como complemento aos modelos Jeep já consagrados por aqui, Renegade e Compass. Falo da Jeep por ela pertencer ao mesmo grupo empresarial da italiana Fiat, o grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles).

É notório que a Jeep já conquistou seu espaço no nicho de vendas que mais tem se aquecido no ramo automotivo há alguns anos, com o sucesso dos seus dois SUV’s que são a porta de entrada da montadora em nosso país e com destaques expressivos de venda. Contudo, a Fiat ficou atrás nesse campo de vendas e o grupo pretende correr atrás de expandir ainda mais a gama de utilitários e crossovers do grupo nas terras tupiniquins. A marca virá com uma dupla de modelos que é inédita e chegará ao nosso país até o ano de 2022, sendo um modelo menor cujo projeto será derivado a partir do hatch compacto Argo e o outro será uma versão definitiva do SUV da picape Toro que foi apresentado no Salão do Automóvel de 2018, o Fiat Fastback.

Publicidade
Publicidade

Veja Também

⇒ Fiat Argo 2020: preço, fotos, versões, equipamentos e mais

⇒ Fiat Cronos PcD: fotos, preço, equipamentos e mais

⇒ Os principais SUVs que serão lançados em 2020 e poderão atender o público PCD

O modelo derivado do Argo deve atuar numa faixa de preço e patamar abaixo do Jeep Renegade como forma de não se canibalizarem, tendo como concorrentes Honda WR-V, JAC T40 e o futuro Volkswagen Nivus, por exemplo, podendo  quem sabe uma versão PcD do modelo ser cogitada, a depender da conjuntura de mercado e de teto futuramente. Quanto ao SUV do Toro, assim como no conceito Fastback, a sua traseira tende a ter um estilo cupê semelhante a modelos mais caros como BMW X4 e X6 com o intuito de diferenciar dos “primos” Renegade e Compass.

Motores Firefly Turbo

Vale lembrar que a produção da família de motores turbo da FCA está confirmada no Brasil a partir desse ano e o país será exportador das novidades para a Europa, inclusive a mula do SUV do Argo está sendo testada por lá. Ele deverá ser equipado com o motor 1.0 Firefly turbo tricilíndrico que deve gerar 120 cavalos de potência, mas pode ser que em versões de acesso o motor 1.3 aspirado seja oferecido.

Publicidade
Publicidade

Já no SUV da Toro, a presença ficará por conta do 1.3 Firefly turbo de quatro cilindros que  também equipará a picape e deve ter potência na casa de 150 cavalos.

[Foto/Projeção: Kleber Silva]

Siga o MDA nas redes sociais:

Deixe uma resposta

Loading…