FCA terá 12 lançamentos no Brasil até 2025


Estão previstos novos SUVs, novas gerações de veículos atuais e reestilizações. Além de dois motores turbo e câmbio CVT.

Em entrevista ao podcast do portal Automotive Business, o presidente da FCA na América Latina, Antonio Filosa, confirmou que o grupo terá 12 lançamentos no Brasil, reiterando assim, o investimento de R$ 16 bilhões prometido em 2018 que era para durar até 2024, mas foi prolongado por mais um ano.

Ao todo serão 12 lançamentos para Fiat, Jeep e Ram, entre novos SUVs, novas gerações de veículos atuais e reestilizações. Além de dois motores turbo e câmbio CVT. Confira.

Veja Também

⇒ Lançamentos que poderão atender o público PCD

⇒ Novo SUV da Jeep terá sete lugares e motores turbo

⇒ Confirmado: Fiat terá dois novos SUVs, motores turbo e câmbio CVT

Fiat: novos SUVs

Como antecipamos, para acompanhar as novas tendências de mercado automotivo, a Fiat lançará no Brasil nos próximos anos uma dupla de SUV’s como complemento aos modelos Jeep já consagrados por aqui, Renegade e Compass, SUVs que pertencem ao grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles).

A Fiat virá com uma dupla de modelos que é inédita e chegará ao nosso país até o ano de 2022, sendo um modelo menor cujo projeto será derivado a partir do hatch compacto Argo, este tem estreia já em 2021. E o outro, será um SUV com base na picape Toro, que foi apresentado no último Salão do Automóvel de 2018, o Fiat Fastback, este previsto para 2022.

Jeep: reestilização e novo SUV

Do lado da Jeep, os planos de lançamentos do grupo FCA incluem a próxima geração do Jeep Renegade e a reestilização do Compass, que acontecerá até no próximo ano. Ambos terão também versões híbridas plug-in importadas da Itália já em 2021. Além de incluir no portfólio um novo SUV de 7 lugares, mas ainda sem nome oficial.

Picapes

O grupo FCA também trará a RAM 1500, picape média de uma das marcas do grupo para brigar com Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger, entre outras picapes. Dentro do plano, ainda estão a reestilização da Toro e a nova geração da Strada, que já está nas lojas deste setembro.

Outras reestilizações

Além da reestilização mencionadas, estão previstas mudanças visuais para Cronos e Mobi. O Uno poderá também passar por alguma remodelação.

Motores Firefly turbo e câmbio CVT

Os motores turbo da família Firefly começam a ser produzidos em Betim (MG) no início de 2021. Serão derivados dos conhecidos Firefly 1.0 de 3 cilindros e 1.3 de 4 cilindros, porém com injeção direta. O 1.0 turbo vai equipar os modelos de acesso, como Argo, Cronos e o novo SUV compacto em 2021, enquanto o 1.3 turbo estará na Toro (2021) e no SUV derivado do conceito Fastback (2022). A marca já confirmou publicamente que também adotará a transmissão do tipo CVT.

Fotos: Projeção SUV do Argo

[Projeção: Kleber Silva]

Siga o MDA nas redes sociais: