in

Alienação fiduciária: como solicitar a retirada dessa observação do documento

Publicidade
Publicidade

Um dos métodos mais utilizados pelo brasileiro para adquirir novos bens de alto valor é o financiamento. O financiamento nada mais é que um credor o qual comprará o seu bem, assim, você terá a responsabilidade de pagar agora para a instituição a qual financiou o seu bem e não necessariamente para a empresa em que o bem foi comprado.

Algo muito comum nesse universo dos financiamentos, é a alienação fiduciária. Mas, afinal, você sabe do que se trata a alienação fiduciária nada mais é que uma forma de garantia que um credor tem ao conceder crédito a uma pessoa física ou jurídica. Em termos gerais, na alienação fiduciária, os bens da pessoa que pegou o crédito ficam como garantia de pagamento da dívida, ou seja, caso o indivíduo que pegou crédito não venha a arcar com as parcelas, os bens que se encontram em situação de alienação fiduciária serão entregues ao credor como forma de pagamento da dívida.

Publicidade
Publicidade

Dessa forma, é possível afirmar que a alienação fiduciária é válida para veículos, imóveis e alguns outros bens. Mas, você sabe como solicitar a retirada dessa observação no documento do seu patrimônio? Para que isso seja feito, você precisará quitar o seu bem. Não será possível que você transfira esse bem para o seu nome, ou para o nome de terceiros sem que antes esse bem esteja quitado com o credor. Quando quitado, a condição de alienação do bem deverá ser removida automaticamente do documento do patrimônio. Em casos onde a condição de alienação não foi removida, você deverá buscar os órgãos competentes para que ela seja removida. Por exemplo, nos casos de veículos, você pode procurar o Detran de sua cidade para ver como proceder na solicitação de retirada da observação no documento.

O processo costuma ser bem simples e tranquilo, além de rápido também. Como citado os veículos como exemplo, estes terão essa observação removida do documento em período de pelo menos dez dias. O período pode variar de acordo com o bem.

Publicidade
Publicidade

Veja Também

⇒ Renovar habilitação: como funciona e quanto custa

⇒ Quanto tempo ficam os pontos na CNH (carteira de habilitação)?

⇒ Transferência de veículo: veja os documentos necessários, prazo e mais

Posso vender meu patrimônio alienado?

Você vender o seu patrimônio alienado sem qualquer problema. No entanto, para que tudo seja feito dentro da lei, você deverá entrar em contato com a empresa credora de crédito para que a mesma o oriente a como prosseguir. De modo geral, na grande maioria das vezes onde o bem vendido ainda possui parcelas pendentes, o dinheiro conseguido com o patrimônio deve ser utilizado para quitar o financiamento com a empresa.

Alienação fiduciária vale a pena?

Se você é credor e deseja aumentar as chances de não ter nenhum prejuízo em seus negócios, a alienação fiduciária é uma excelente opção para você. Isso porque esse mecanismo de proteção é fundamental para evitar que você seja lesado em suas concessões de crédito, ou pelo menos minimizar o prejuízo ao máximo. Nesse sentido, se você trabalha frequentemente com esse tipo de serviço, a alienação fiduciária é uma excelente opção para proteger o seu negócio.

Publicidade
Publicidade

[Foto: Reprodução/Internet]

Siga o MDA nas redes sociais:

Deixe uma resposta

Loading…